Aumento de 5% no limite do consignado: veja 
quanto pode ser liberado

O acréscimo de 5% na margem consignável em 2021 altera o limite atual de 35% para 40%, sendo 35% para empréstimos consignados e 5% destinado ao cartão de crédito consignado. Na prática, com o novo aumento de 5% no limite do consignado, será possível a contratação de um novo empréstimo até o vencimento da nova regra – que é temporária.

No fim de 2020, o governo federal editou uma Medida Provisória (MPV 1.006/2020) liberando o acréscimo para aposentados e pensionistas do INSS. Na análise da MPV, o Congresso Nacional não apenas estendeu a nova margem até o fim de 2021 como ainda garantiu o benefício do aumento a outros grupos.

Aumento de 5% no limite do consignado em 2020 e 2021

O empréstimo consignado, que é a modalidade de empréstimo pessoal com desconto direto na folha de pagamento, sofreu novamente alterações. As mudanças vêm em decorrência da crise econômica gerada pela pandemia da covid-19.

Ao propor o aumento de 5% no limite do consignado no ano passado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, explicou que a alteração seria “mais uma medida excepcional de proteção social”:

Guedes ressaltou ainda que grande parte dos beneficiários são pessoas que, em razão da crise econômica nesse período de pandemia, tiveram reforçada sua condição de arrimo de família e possuem, muitas vezes, o benefício previdenciário como única fonte de renda.

Acolhida a proposta do Ministério da Economia, foi editada a MPV 1.006, publicada no DOU (Diário Oficial da União) em 2 de outubro de 2020.

Para quem valia o aumento de 5% no limite do consignado em 2020?

No período de outubro a dezembro de 2020, os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foram autorizados a utilizar o aumento de 5% no limite do consignado para um novo empréstimo.

Como a contratação do empréstimo é facultativa, os beneficiários que tiveram interesse estavam liberados a usar a margem adicional.

Para quem valerá agora o novo aumento da margem consignável?

A nova proposta do aumento de 5% no limite do consignado, já aprovada no Senado, na Câmara e sancionado pelo Presidente, amplia as categorias beneficiadas. Assim, caso o texto seja sancionado sem vetos, além dos aposentados e pensionistas da Previdência Social, serão atendidos:

  • Militares dos Estados e do DF;
  • Militares da inatividade remunerada;
  • Servidores públicos de qualquer ente da Federação;
  • Servidores públicos inativos;
  • Empregados públicos da Administração direta;
  • Autárquica e fundacional de qualquer ente da Federação;
  • Pensionistas de servidores e de militares;
  • Trabalhadores do mercado privado (CLT);

Prazo do aumento de 5% no limite do consignado

Se não houver veto presidencial ao texto do Congresso, o aumento de 5% na margem consignável valerá até 31 de dezembro de 2021.

Assim, até o fim do ano, novos contratos de empréstimo consignado poderão ser feitos tendo por base o novo limite de 40% de comprometimento do salário ou benefício.

Não perca tempo: na Mais Capital Promotora você pode descobrir a sua margem disponível com o aumento de 5% e garantir a pré-digitação de seu empréstimo consignado. Assim, quando a operação estiver disponível, após a sanção das novas regras, você será um dos primeiros a receber. 

Documentação necessária, limite de idade…
Saiba mais

Documento de identificação com foto e CPF (CNH ou RG);
Comprovante de endereço atualizado e nominal. (Se você não tiver podemos emitir uma declaração de endereço);
Extrato de rendimentos atualizado (Contra-cheque ou holerite);

*Além dos documentos sitados acima, podemos solicitar demais documentos.

Atendemos diversos convênios. Consulte a lista de convênios.
Cada Estado possui as suas regras especificas, conseqüentemente criamos uma lista de convênios que são legíveis!

Servidores Públicos Estaduais podem comprometer até 40% da sua renda mensal com o crédito consignado.

Esse valor é dividido entre:

35% para empréstimos;
5% para o cartão de crédito consignado;

Isso quer dizer que, os Servidores podem ter mais de um contrato ao mesmo tempo e ainda utilizar tanto o empréstimo, quanto o cartão de crédito consignado ao mesmo tempo.

No entanto, só é possível contratar novo crédito se ainda houver margem consignável livre.

Devido a aprovação da (MPV 1.006/2020), alguns convênios terão aumento de margem. O aumento de 5% na margem consignável valerá até 31 de dezembro de 2021.

Para tirar o comprovante de rendimento (contra-cheque ou holerite) é só acessar o Portal da Secretária da Fazenda. Além do último comprovante de rendimento (contra-cheque ou holerite) você consegue consultar os últimos comprovantes de rendimentos.

O Portal informado acima é do Estado de São Paulo.

Para consultar a  margem consignável é só acessar o Portal. Além de acessar a sua margem você também consegue verificar todos os seus descontos facultativos.

Após o término da (MPV 1.006/2020) do aumento de margem, que esta previsto para o dia 31 de dezembro de 2021. Todos que aderiram aos 5% (contrataram o empréstimo com os 5%), ficarão com a margem negativa.

O limite de idade para empréstimo consignado é muito variável, pois cada instituição financeira tem as suas normas (regras).

Idade Mínima: 18 anos;
Normalmente o limite de idade é de 81 anos, 11 meses e 29 dias;

O número de contratos é variável, porque depende de cada instituição financeira e cada instituição possui as suas normas (regras).

Contudo o número máximo de contratos são de 5 por CPF em cada instituição financeira.

Após a aprovação os valores caíram na sua conta em no máximo 48hrs. No entanto os valores poderão cair na conta em 24hrs!

Não. Os valores caíram na conta que você recebe o seu salario (benefício). Mesmo que a conta que você queira receber os valores sejam de sua titularidade não será permitido o recebimento. Porque é mais seguro para quem solicita e para quem empresta os valores!

Veja como é fácil solicitar
Em apenas 5 etapas

Solicite aqui